Quinta-feira, 8 de Junho de 2006

Edmundo de Amicis

       O escritor e jornalista, Edmundo de Amicis (1846-1908), nasceu em Oneglia, na Itália. A sua obra, composta por romances, estudos e livros de viagens, caracteriza-se pelo tom sentimental e moralista que inunda todas as suas páginas. Apaixonado pela vida militar cedo se inscreveu na escola Militar de Modena. Em 1866 participou na batalha de Custozza, e um ano depois passou a dirigir o diário L’Itália Militare. A partir de então iniciou-se na literatura, ainda que tenha permanecido no exército até 1870, ano em que se retirou para se dedicar totalmente à escrita. Mudou-se para Turim, onde fixou residência, e a partir dali realizou diversas viagens, fruto das quais escreveu livros de referência para turistas, como: A Espanha; Recordações de Londres e Recordações. Durante a década de noventa nota-se a crescente importância que as preocupações sociais têm na sua obra. Filiou-se no Parido Socialista e publicou amplamente esta mesma ideologia nos seus livros. O resultado é uma mistura de realismo e romantismo onde predomina a intenção moralizante na qual o autor procura levar o leitor sempre pelo “bom caminho”, bem como as personagens dos seus romances. Acima de todas as suas obras destaca-se Coração, que obteve um enorme sucesso junto do público tanto dentro como fora do país.
    Morreu em Bordighera, na Liguria, aos sessenta e dois anos de idade.
Pesquisa da Patrícia
Escritores:
publicado por leituras2006 às 22:22
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 

Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
28
29
30

posts recentes

Edmundo de Amicis

arquivos

Junho 2006

Escritores

Ana Maria Magalhães

edmundo de amicis

Isabel Alçada

isabel allende

José Prata

manuel arouca

phyllis reynolds naylor

sue monk kidd

todas as tags

links

participar

participe neste blog

blogs SAPO

subscrever feeds